Imagem
Foto/Imagem Douglas Batista

Prefeito Oziel terá total autonomia para remanejamento de verbas no próximo ano; aval foi dado pela maioria na Câmara

Cidade

Foi aprovado nesta terça-feira, (05), na Câmara de Vereadores de Luís Eduardo Magalhães, em primeira votação o projeto de lei nº 076 de 2017 de autoria do poder executivo que estima a receita e fixa a despesa do orçamento anual do município de Luís Eduardo Magalhães para o exercício de 2018 e dá outras providências, a (LOA).

Dos 14 vereadores presentes, 11 foram favoráveis ao projeto que dá 100% de possibilidade de remanejamento ao prefeito Oziel Oliveira. Isso significa que o chefe do poder executivo municipal não vai precisar do aval da Câmara de Vereadores para realocar algum investimento durante todo o ano de 2018. Apenas Felipe Fernandes (DEM), Kenni Henke (DEM) e Dr. Márcio Rogério (DEM) foram contrários ao texto.

Vai se repetir?

Na última semana Fernandes (DEM), denunciou o remanejamento de uma verba no valor total de R$ 28 mil da secretaria de Saúde para a compra de medalhas da OILEM (Olímpiadas estudantis de Luís Eduardo Magalhães), evento realizado pela secretaria de Educação. Apesar de ser um ato questionável, é legal, afinal a legislatura anterior também aprovou o remanejamento de 100%.

Os esportistas também se queixam do orçamento do esporte. No mês passado, o presidente da Liga Desportiva de LEM, Regis Santos pediu comprometimento dos vereadores na hora de votar o remanejamento. Segundo Régis, a secretaria de Esportes tinha um orçamento de R$ 2 milhões e 800 mil, mas só foi investido R$ 200 mil através de convênio. Cadê o dinheiro do esporte?, questionou.


Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!