Imagem
Foto/Imagem José Cruz/Agência Brasil

Ministério da Saúde disse que vai fazer edital ainda em novembro para suprir vagas de cubanos

Saúde

Défict na Bahia será de 846 médicos 

A cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, tem três vagas autorizadas para médicos do Programa Mais Médicos, mas nenhum deles é cubano, segundo a secretaria de Saúde do Município.

No entanto, essa não é a realidade da grande maioria dos municípios baianos. Atualmente, o estado possui 1.522 médicos do Programa, que estão alocados em 363 municípios. Deste total, 846 são cubanos, de acordo com a secretaria de Saúde do Estado. 

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, o programa vinha sendo extremamente relevante, sobretudo, para os moradores dos municípios distantes dos grandes centros, pela maior dificuldade de acesso aos serviços de saúde. “Além de possibilitar o acesso ao atendimento, o Mais Médicos vinha oferecendo atendimento de qualidade, mais humanizado à população”, ressalta.

O governo Cubano anunciou a saída do Programa, o que representa a saída de 8.500 médicos cubanos dos locais onde estão trabalhando atualmente. “A substituição de médicos cubanos por brasileiros vinha sendo feita progressivamente, porém a reposição antecipada e imediatas não será algo exequível, o que irá certamente causar desassistência. Em cinco anos de programa, nenhum edital de contratação de médicos brasileiros conseguiu contratar essa quantidade de profissionais. O maior edital contratou 3 mil brasileiros”, pontua o titular da pasta da Saúde.

O que diz o Ministério da Saúde

Em nota divulgada na manhã desta sexta-feira (16), o Ministério da Saúde disse que vai se reunir com a Opas (Organização Pan-Americana de Saúde) para a definição da saída dos médicos cubanos e entrada dos profissionais brasileiros que serão selecionados por edital. Disse ainda que esse edital será lançado agora em novembro. Segundo a nota, uma coletiva de imprensa será agendada para o início da próxima semana.

Fonte:Por Raquel Santana/ Blog Douglas Batista


Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!