Imagem
Foto/Imagem Divulgação

LEM: Câmara pode aprovar hoje financiamento de 40MI que vai trazer economia e progresso para o município

Infraestrutura

Foram meses de gestão comprometida na recuperação da condição financeira da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães para celebrar contratos, convênios e contrair financiamentos.

Some-se a este empenho, as várias frentes de trabalho: os técnicos da Secretaria de Planejamento desenvolvendo e adequando projetos para a finalização da sede do poder executivo, na Praça dos Três Poderes, que foi abandonada pelo gestor anterior, além da pavimentação de importantes ruas e avenidas da cidade; e a Secretaria de Administração e Finanças buscando as melhores linhas de crédito, as menores taxas e a carência adequada para que estas grandes obras praticamente se paguem sozinhas.

Através dos programas Avançar Cidades – Mobilidade e FINISA, o município de Luís Eduardo Magalhães pretende levantar cerca de 40 milhões de reais, com taxa de 6% a.a. (seis por cento ao ano) e carência de 48 e 24 meses, respectivamente.

A melhor e oportuna taxa de juros, somada ao flexibilizado prazo de carência para início do pagamento do financiamento, levam a uma equação extremamente positiva para os cofres públicos: os valores economizados em aluguéis de prédios que serão devolvidos logo que as obras sejam finalizadas, por si, quase liquidam a fatura.

A atual conjuntura comprova a importância de os municípios permanecerem com as contas em dia, aptos a aderirem a oportunidades como essa.

A concretização das propostas junto à Caixa Econômica Federal depende agora da agilidade da Câmara de Vereadores em apreciar e aprovar os projetos.

MAIS PAVIMENTAÇÃO
A adesão aos financiamentos irá permitir que 20 (vinte) importantes ruas e avenidas da cidade recebam pavimentação, melhorando a mobilidade urbana e atendendo a antigas demandas da população. Ao menos três bairros serão atendidos como, por exemplo: a Rua Itabuna, no Santa Cruz; a Avenida Paraíso, no Jardim Paraíso; e a Avenida Tancredo Neves do bairro Florais Léa até o final do bairro Jardim Paraíso. As ruas Jorge Amado, Dorival Caymmi , Bahia e Av. JK, entre o Mimoso II e o Centro, para citar algumas.

MAIS PATRIMÔNIO
A sede do Poder Executivo na Praça dos Três Poderes cujo projeto é um dos mais impávidos do município. Projetada ainda na primeira gestão do atual prefeito Oziel Oliveira, em consonância com a maioria das cidades planejadas no país, foi concebida para abrigar, como o nome já diz, os três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário. Falta apenas a conclusão da sede do Executivo, por ter sido abandonada pelo gestor anterior, para que a imponente praça faça jus ao nome.

Além do destaque arquitetônico para a “Capital do Agronegócio”, a nova sede concluída irá abrigar todas as secretarias do município, gerando uma economia de milhares de reais para os cofres públicos, que são gastos com aluguéis todos os meses.

MAIS ARTICULAÇÃO
O prefeito Oziel Oliveira tem utilizado toda a sua articulação no Congresso Nacional e no Senado, bem como junto ao Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal para colocar Luís Eduardo Magalhães na lista de municípios beneficiados pelos programas. São centenas de municípios brasileiros disputando a oportunidade. O destaque do município no Oeste Baiano, sua valorosa contribuição para a economia do Estado, e seu crescimento pujante graças à vocação para o agrobusiness, foram defendidos por Oziel em cada audiência, o que culminou com a aceitação do município como um dos contemplados.

Fonte:Blog Douglas Batista/ASCOM | Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães


Compartilhar esta notícia

Notícias Relacionadas

0 comentário(s)

Faça o seu login ou cadastre-se para comentar!